Clara | Capítulo 3

Apesar da calma que a mulher vivia atualmente, nem sempre foi assim. Outrora, a sua existência passou pela maior tempestade de sempre. Era apaixonada por Santiago. Um homem que pertencia a uma família abastada. Mas ela via para além disso. Aprendeu a dar valor ao carácter das pessoas e ele era maravilhoso. Visceralmente. Nunca quis saber do seu dinheiro nem aceitava nada que ele lhe pudesse oferecer. O que os unia era idílico. Simplesmente, mágico. Até hoje, ela pensa nele. E o seu sorriso surge, de imediato. O coração fica apertado. O que os separou foi muito mais forte. Gravíssimo. Esta situação trouxe tudo à tona, novamente. Porquê agora? Dez anos mais tarde, uma das fases mais felizes, e ao mesmo tempo, mais dolorosas voltou a surgir. Ainda custava. Magoava até ao mais ínfimo do seu ser. O pai do rapaz não a reconheceu. Só pode. E como poderia tratá-la desta maneira, mesmo sem perceber quem era? Impossível. Era surreal demais para ser verdade. Não conseguia deixar de pensar no sucedido. Matutou, horas e horas a fio. Como podia ignorar tudo o que se passou? Tinha de fazer alguma coisa. Rapidamente.

Comentários

  1. Agora vou ficar expectante para saber o desenrolar da história de Clara.

    ResponderEliminar
  2. É maravilhosa a forma como nos prendes às tuas histórias *.*
    Quero muito ler a continuação!

    ResponderEliminar
  3. O mistério adensa-se... estou super curiosa, em relação aos desenvolvimentos desta história!...
    Beijinho! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  4. A minha curiosidade cresce à medida que o conto se desenvolve.

    ResponderEliminar
  5. Hummm... adorei :)) Vou seguir:))

    Hoje:- O que a alma quer dizer.

    Bjos
    Votos de uma Óptima Quinta-feira


    ResponderEliminar
  6. Curiosa, com o que vem a seguir,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  7. Intrigante. Voltarei para o próximo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Uma estória que pode ser verídica. Amei

    Beijo e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  9. Isto não se faz... eu queria ler toda a história já...
    Estou a gostar, pois claro.
    Continuação de boa semana, amiga Diana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Bom dia. Acompanhando com todo o interesse a estória.

    .
    * Criança brincando ... em interno lamento. *
    .
    Deixo cumprimentos poéticos.

    ResponderEliminar
  11. Uma bonita história..
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  12. Muito bem, a deixar o pessoal curioso. :)

    ResponderEliminar
  13. Continuarei a passar por aqui.
    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  14. Muito bom, adorei.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Por vezes as memórias voltam para fazer uns acertos de contas... :-)

    ResponderEliminar
  16. Gostei! Voltarei para os próximos capítulos! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  17. Gostei bastante!
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. oh pá uma pessoa fica aqui em ânsias pelo desenrolar da história!!

    ResponderEliminar
  19. Estou amando essa história, cada vez uma surpresa nova e uma vontade de continuar lendo
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  20. A história está ficando mais interessante e me deixando mais curiosa, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  21. E tens de prosseguir com a história. Rapidamente! :) Boa semana.

    ResponderEliminar
  22. Tens bastante jeito, deixas sempre a curiosidade de saber o que se segue =)

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  23. Estava moribundo de saudades,
    acredita?

    Beijos e beijos.

    silvioafonso


    .

    ResponderEliminar
  24. Que belo blog o seu :)

    Sou mais um que ficou curioso com a continuação do conto.

    ResponderEliminar
  25. Muito bom :)
    Gosto, espero pela continuação.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário