terça-feira, 14 de março de 2017

Sinto; sinto que me estou a perder. Por entre milhões de possíveis trevos de quatro folhas, deixo-me ficar para trás. Perco a noção daquilo que sou capaz de conquistar e tudo fica mais enevoado; sombrio. Os amuletos que vejo, lá no fundo, querem ajudar-me e eu não consigo aceitar pegar-lhes. Porque será tão difícil esticar-lhes a mão? Porquê? Decaio; consinto. Amargo; suporto. Mas, sei que não irão desistir de mim. Um dia, hei-de ser forte; saberei entregar-me. E, num mundo melhor, a magia de um talismã da sorte ainda resistirá; imaculado.

35 comentários :

  1. Que esse trevo de quatro folhas apareça rapidamente e seja portador de boas notícias.

    ResponderEliminar
  2. Vamos alegrar essas dúvidas
    e fazer um dia bonito
    por mais mau tempo que esteja...

    Beijinhos e uma agradável semana ~_````

    ResponderEliminar
  3. Oh Diana, sou tua fã! Que bonito! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que consigas desfrutar da vida que te rodeia e que, com ou sem talismãs aí está! Basta força e viver! Lindas tuas palavras, bjs, chica

    ResponderEliminar
  5. Pura inspiração Diana!
    Força e Fé também ajuda e muito!
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Muito bonito, gostei!
    A força está em nós. Se pretendo resultado diferente "apenas" terei que mudar a atitude...
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Muito bonito.. nunca podemos deixar de acreditar, quer nos sonhos, quer nestes amuletos =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. O talismã certo está dentro de cada um. Nada de desespero. Um dia damos por ele.

    ResponderEliminar
  9. Que palavras tão bonitas e tantos sentimentos com que me identifico...

    ResponderEliminar
  10. Diana que escrita maravilhosa, você fala sempre de sentimentos, suas palavras tocam bastante os nossos corações, muito lindo, Diana bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  11. Por vezes temos que nos perder para nos encontrarmos mais à frente, no caminho tortuoso que é a vida.

    ResponderEliminar
  12. Palavras, sentidas!
    MAs, nunca te esqueças que o teu principal amuleto és tu, nunca desistas de ti.

    ResponderEliminar
  13. NAo te perdas e nu cá desistas.,..Procura sempre um trevo de quatro...Nalgum lugar há-de estar, mas não cruzes os braços
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  14. Nada de desistir, para a frente é que é o caminho =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  15. Claro que sim! No final atingirás os teus objectivos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Que tenhas sempre força e coragem para enfrentar todos os desafios da vida...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Temos o que é necessário dentro de nós, basta procurar e acreditar!
    http://araparigadoautocarro.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  18. Não acredito em talismãs, acredito em determinação e força de vontade (;

    ResponderEliminar
  19. Por vezes temos de nos perder para nos voltarmos a encontrar.
    Coragem e muita força.

    Beijinhos Diana

    ResponderEliminar
  20. Que texto lindo Diana! Acreditar sempre, em nós, na vida e em quem nos rodeia. Beijinho e coragem

    ResponderEliminar
  21. Assim é a vida. Cheia de percalços, mas com um motivo. Nos tornar mais fortes. Quantas vezes desmoronou a minha doce fantasia. Mas a minha fé, nunca! Sei que, mais tarde ou mais cedo, até mesmo, o trevo de três folhas me fará feliz.
    Somos tão parecidas, Diana.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  22. A força reside em nós!
    Não acredito muito em talismãs, no entanto também tenho alguns segredos, como que amuletos, cenas que eu faço como que a pedir um pouco mais de sorte!
    Beijinho e acredita em ti.

    ResponderEliminar
  23. Ser forte... é esse o teu talismã!...
    Mais um dos teus textos, que adorei ler... pela sinceridade que neles imprimes!...
    Beijinho!
    Ana

    ResponderEliminar